Informativo.

Gente, só quero lembrar que eu não tenho um padrão sobre títulos. Eu posso escrever sobre algo hoje, mas amanhã, algo totalmente diferente.
Obrigado.

quarta-feira, 7 de julho de 2010

Ordem dos Pobres Cavaleiros de Cristo e do Templo de Salomão


Bem, por que não falar de uma das organizações que mais tenho admiração em minha primeira postagem ? Ainda mais agora ?(É, teve gente que não entendeu). 
Bem, falo dos cavaleiros templários. Eu sei que o título ficou bem grande e irreconhecível, mas sim, são eles. 
Esses grandes homens merecem a admiração de qualquer indivíduo. Eram sérios, religiosos, lutavam muito bem e dedicavam sua vida a um ideal. A vida deles não era levada pela ignorância como a população européia da idade média. Eram homens inteligentes e calculistas.Temidos em batalha como nenhum outro. E, as más línguas da época disseram que eles guardavam um grande tesouro: O SANTO GRAAL.
Mas foi essa fama, poder, força e inclusive dinheiro que foi a ruína dos pobres cavaleiros de Cristo. Eles atraíram inimigos poderosos e a inveja os derrubou do cavalo. 
Bem, comecemos então.
Para entendermos os segredos dos templários temos de voltar e refazer seus passos. No ano 1096 D.c milhares de guerreiros marcham em direção à Terra Santa, onde hoje é a Palestina, para toma-la dos mulçumanos. Quem convoca essa "guerra santa" é o Papa Urbano II. Depois de três anos os cruzados chegam à seu destino. 4000 homens, enfrentando doenças, fome e inúmeras batalhas.Pouco mais de mil chegam no destino final. Em julho de 1099, depois de um cerco de 5 semanas, os cruzados tomam a Terra Santa.. Após essa tomada, eles fizeram um banho de sangue. Mataram cristãos, judeus e mulçumanos.Os cruzados decidiram escolher um rei de seu próprio meio para tomar conta da Terra Santa. Mas o rei que realmente nos importa foi o terceiro, Rei Balduíno II, que começou seu reinado em 1118.
http://3.bp.blogspot.com/_CvjnS8aGnD0/SqjThHYYROI/AAAAAAAAAaA/oAFVii5nLsc/s400/balduino+e+o+templo.jpg
Rei Baduíno II e Hugo De Payens

Balduíno II, recebe ajuda do cavaleiro cruzado: Hugo de Payens. Ele diz ao rei que teve uma visão. Essa visão consistia em criar uma ordem de monges guerreiros que teriam como objetivos: Proteger peregrinos que vinham da Europa e defender a Terra Santa de ameaças. Rei Balduíno II gosta da Idéia e assim, nascem os Cavaleiros Templários. A Ordem começa apena com Hugo de Payens e mais oito homens, mas, em seu ápice chega a milhares.
Muitas pessoas acham que os Templários eram somente guerreiros, mas eles eram monges e devotavam sua vida à Deus. Fizeram voto de obediência, pobreza e celibato. Além disso, rezavam sete vezes ao dia Eis aqui sei juramento:
 
"Juro consagrar minhas palavras, minhas armas, minhas forças e minha vida em defesa dos mistérios da fé cristã.
e da Unificação de Deus. Prometo, ser submisso e fiel ao
Grão-Mestre.
Toda vez que necessário, passarei o mar para combater
e darei socorro contra os reis e príncipes infiéis.
Na presença de três inimigos, não fugirei e, mesmo sozinho,
combatê-los-ei."

"Non nobis, Domine, non nobis sed Nomini tuo dá
Gloriam."
( Nada para nós,Senhor,mas para dar glória a Seu
Nome). 

Sem dúvida, a idéia de uma ordem militar dentro da igreja era revolucionária e extraordinária. Mas como conciliar as duas coisas ? Rezando sobre suas armas ? A resposta é sim, era o que eles faziam. Eles entendiam seus objetivos como um chamado santo e se consideravam como se fossem as forças especiais de Cristo.
O que realmente diferenciava esses monges eram seu treino de luta. Pregavam que a primeira defesa é a espada. Tinha um exército eficiente, disciplinado, bem equipado e de prontidão. Não eram grandes em número, mas eram temidos por serem muito bem constituídos. E quando eles usavam sua invencível manobra: "Esquadrão Comando", o campo de batalha era tomado pelo medo. Essa manobra consistia em um pequeno grupo de homens montados que investiam contra o exército inimigo, espalhando-os para os lados, enquanto a infantaria chegava em seguida. Devido a tais fatos, eles literalmente esmagaram os mulçumanos no Cerco de Ascalon (1153), Batalha de Montigisard (1177) e na Batalha de Arsuf (1191). Eles pareciam invencíveis. Além disso lutavam sobre regras severas: Não podiam bater em retirada a menos que recebessem ordens para o mesmo ou se estivessem em desvantagem de mais de 3 para 1.

http://depokafe.files.wordpress.com/2008/08/cruz_patea.gif
A Cruz vermelhas dos templários significa mártirio, sofrer por algo em que se acredita. Pois a morte em batalha é gloriosa.

Eles venceram inúmeras batalhas e foram extremamente respeitados. Outro ponto em favor aos Templários eram sua essência mística. Essa essência nasceu em sua sede, o Monte do Templo, em Jerusalém. O próprio Jesus Cristo Já havia pregado ali.
http://protestantismo.ieadcg.com.br/noticias/imagens/terceiro_templo.jpg
Monte do Templo, quartel general dos Templários.

Rei Balduíno lhes dá uma parte deste templo judeu, um dos lugares mais sagrados da cristandade. Esse templo foi construído no séc. 10 a.C. 4 séculos mais tarde os babilônios o destruiu e os judeus o reconstruiu. Dizem as lendas, que este templo guardou a Arca Sagrada das Promessas de Deus. E as lendas ainda dizem  que na sala mais sagradas entre as sagradas viveu o próprio Deus. No ano 70 d.C. uma guerra destrói esse templo. Os romanos o invadiram para acabar com uma rebelião de judeus. Depois disso queimaram a cidade destruindo o templo. Na época das cruzadas, os mulçumanos constroem uma mesquitasa em cima das ruínas do templo judeu. Ela está de pé até hoje, e as chamamos de A Cúpula da Rocha.
http://fotos.sapo.pt/p5Cv9BQQfDjgKCeOha6R/ 
Cúpula da Rocha

Os Templários teve o templo como seu quartel general, muito embora eles passassem mais tempo nos complexos do temploa do que nele própriamente dito. Por isso, alguns estudiosos dizem que os Templários estavam em busca de outra coisa. Eles passaram 9 anos cavando um túnel na rocha sólida e depois uma série de túneis que saíam deste principal. Sabe-se que eles acharam algo ali, mas não se sabe ao certo o quê. A teoria mais aceita é que era um pergaminho banhado em cobre (Banhado em cobre, esses pergaminhos durariam para sempre) que dizia a localização de todos os tesouros do templo. Os judeus esconderam esses tesouros à medida que os romanos avançavam no ano 70 d.C. Em 1947, um pastor procurando uma ovelha desgarrada achou esse pergaminho. Então nos anos 50 uma expedição decide ir até os locais indicados para ver se encontravam algo. Não acharam nada, mas essa expedição descobre que uma expedição anterior foi à esses locais e em todos esses locais eles acharam fragmentos de espadas e de cruzes de Templários. Ou seja, os Templários estiveram em todos estes locais "coletando" estes tesouros.
Sabe-se que eles acharam uma câmara secreta no templo, mas não se sabe se acharam algo ali nem o que faziam lá. Porém, reza a lenda que os templários encontraram nada mais nada menos do que o Santo Graal. Esse artefato místico aparece em diferentes formas em todos o decorrer da Idade Média. Alguns diziam que era a taça que Jesus usou na Santa Ceia. Ou, até mesmo uma pedra que caíra do céu. Podia ser também a ponta da lança que perfurou o lado de Jesus Cristou. Além, é claro, da cabeça de João Batista. Mas, se for para ligar com fatos futuros, o mais provável é que o que foi encontrado nessa câmara seria um livro com a árvore genealógida de Jesus Cristo.. Segundo essa teoria, as palavras em latim para Santo Graal que seriam San Greal foi traduzida errada e se trocarmos o G de posição temos: Sang Real, ou seja, Sangue Real. Segundo essa teoria Jesus casou-se e teve filhos e esses filhos seriam o segredo do Graal. Tudo se encaixa quando analisamos o fato de que, se fosse revelado para a época que Jesus casou e teve filhos, os pilares do cristianismo seriam abalados para sempre. Se em pleno séc XXI, depois de passarmos pelo Renascimento e pelo Iluminismo, além da Revolução Cienífica e do Positivismo, ficaríamos desnorteados se descobríssemos isso, imagine na época. Ou seja, a Igreja pagaria muito aos Templários para manterem a boca fechada.
Hugo de Payens, sai da Terra Santa em direção à França, para se encontrar em um concílio com o papa Honório II(Papa este que foi eleito por suborno). 
http://www.familiafagnani.com.br/images/PapHonII.jpg
Papa Honório II

Não se sabe o que foi discutido nesse concílio, mas sabe-se os resultados. O papa dá a sua benção à eles. O próximo papa, Inocêncio, lhes dá poderes sem igual.
http://www.oconsolador.com.br/40/papa_inocencio.jpg
Papa Inocêncio

Os Templários agoram desfrutam de imunidade das leis, das regulamentações e taxas de cada nação. Além disso estavam livres de poderes seculares (Poderes finitos, ao contrário do da igreja. Ou seja, não precisavam obedecer aos reis) e de poders eclesiásticos(vindos dos clérigos). Eles só eram submissos ao papa. Agora, os Templários eram uma força autônoma.
Os Templários ficaram tão ricos que financiaram a maioria das catedrias góticas do século XII e XIII. Um exemplo significativo foi a catedral de Notre-Dame de Chartres:
http://imgpe.trivago.com/uploadimages/35/78/3578386_l.jpeg

O Preço desta catedral equivale à ida do homem à Lua nos anos 60, ou seja, bilhões de dólares. Outra catedral construída pelos templários, mas não no estilo gótico e que eu digo ser a mais importante, é a Catedral de Londres, mais conhecida como o Convento de Cristo: http://www.sacred-destinations.com/portugal/tomar-convento-cristo-pictures/church-cc-cybermat.jpg

Essa igreja não é tão gótica quanto às outras, tendo vários simbolos Templários. Um rei da Inglaterra em 1307(Ano de extinção dos Templários) entrou aqui e saiu com 50 mil libras esterlinas. Equivalente à pouco mais de 134 mil reais, o que para época era muito mais significativo do que hoje. Mas, qual a origem desta riqueza toda que os Templários conseguiram ? Bem,  por toda a Europa os Templários começaram a emprestar dinheiro para nobres falidos. Afinal, eles tinham vantagens sobre outros cristãos que emprestavam dinheiro, eles podiam cobrar juros. Na Europa medieval, poucos pessoas sabiam como lidar com o dinheiro, pois supostamente era considerado simonia (Venda de favores divinos, bençãos, cargos eclesiásticos, prosperidade material, bens espirituais, coisas sagradas, etc. em troca de dinheiro) e usúra emprestar dinheiro com juros. O Templários podem ter criado a idéia dos cheques e das linhas de crédito. Na prática surgem os primeiros bancos. Além disso os peregrinos em troca da escolta depositavam dinheiro em um tesouro Templário local. Em troca, recebiam um recibo com a quantidade depositada. Os peregrinos tinham de viajar com tudo que tinham, pois não havia onde depositar suas riquezas. Os Templários cobravam até 10% do valor que os peregrinos carregavam. Mesmo os membros fazendo voto de pobreza isso não afetou a economia da Ordem. Afinal, o dinheiro era da Ordem, não dos membros, assim, eles podiam fazer seus negócios. No final do ano de 1200, os Templários já eram uma das organizações mais ricas da Europa.
Mas, um fato interessante é que as Cruzadas criaram os Templários, mas as Cruzadas também acabariam com eles. Os mulçumanos, se fortaleceram sob comando dos sultões egípcios e as Cruzadas estavam em crise, pois elas eram muito caras, então, os recursos destinados a elas começaram a minguar. Dava a sensação de que o retorno demorava muito para chegar, e de fato, demorava. Então, os mulçumanos deram uma surra nos cruzados na Batalha de Jafa, na Batalha de Al Mansur e no cerco de Safer. Em 1290 só sobrou 1 dos 7 castelos dos Templários. Esse Castelo ficava em Acre. Houve um outro cerco e os Templários também o perderam. Ou seja, agora, a Terra Santa está tomada pelos mulçumanos e os Templários se retiram para a ilha de Chipre.Após isso a população européia vê as Cruzadas com desilução eparece menos valioso. Agora, o destino dos Templários está nas mãos de um Homem: Jacques Demolay. o papel dos Templários
                                  

Não se sabe ao certo a data em que Jacques Demolay foi eleito Grão-Mestre, mas foi na década de 1290.Ele começa a organizar uma nova Cruzada partindo de Chipre. Em 1307, Jacques Demolay chega à Paris a pedido do Papa Clemêncio II para levantar fundos e discutir empreendimentos futuros. O pior disso, é que o Grão-Mestre foi parar em Paris na época em que o Rei Filipe IV, o Belo, estava atravessando dificuldades econômicas.
http://www.andreagaddini.it/filippoilbello.jpg
Mas o rei francês acumulou dívidas enormes. Suas guerras contra a Inglaterra custaram caro. A situação da França era delicada. E seu maior credor era ninguém menos que a Ordem dos Cavaleiros Templários.  Então, ele decide acabar com suas dívidas em um só golpe. Ele inventa falsas acusações contra os Templários e os prende. Essas acusações consistiam nas piores formas de heresia conhecidas das mentes medievais. 
Sexta-Feira, 13 de outubro de 1307, alguns acredita que a supertição moderna tenha vindo desse fato. Jacques Demolay e centenas de Templários franceses são cercados e presos. Todos foram brutalmente torturados, para que confessassem seus pecados. Uma das formas mais comuns de tortura na França era a Máquina Extensora de Músculos. O acusado deitava em uma espécie de maca, e tinham seus pulsos e tornozelos amarrados a uma corda conectada a um molinete. À medida em que esra corda era enrolada no molinete os músculos dos pulsos e dos tornozelos eram deslocados. Foram 127 acusações contra os Templários, desde negar a Cristo, cuspir na Cruz, defecar na hóstia, mostrar as nádegas na eucaristia, até beijar as nádegas uns dos outros na iniciação. Um a um vai confessando seus pecados. Mas o que é mais interessante neste episódio é que os Templários vão confessando coisas que íam além das acusações. Eles confessam práticas religiosas estranhas, incluindo a adoração a um objeto incomum. Dizem que esse objeto poderia ser desde a cabeça de João Batista ou até mesmo um ídolo. Outros também confessaram adorar Baphomet. Exatamente, os Templários foram acusados de adorarem um demônio com corpo de mulher, asas e cabeça de bode.
http://bastar182.files.wordpress.com/2008/07/baphomet6.gif 
Porém, alguns estudiosos dizem que Baphomet foi uma tradução mal feita de Maomé. O que sugere que os Templários combinavam várias tradições religiosas em sua prática. Os Templários serviram por anos na Terra Santa, e eles podiam ter absorvido secretamente as crenças religiosas, incluve a adoração a Maomé.
Nos Anos 80 um historiados faz uma afirmação incrível. Ele diz que Baphomet é uma mensagem codificada. Ele usou o anagrama arábico de estudos bíblicos. Esse anagrama é uma incrível técnica inventada pelos hebraicos a pelo menos 500 anos antes de Cristo. quando se encaixa a palavra Baphomet no anagrama, aparece a palavra "Sophia", que em grego significa "sabedoria". Adorar a sabedoria não é heresia. Mas claro, se a sabedoria em si não for herética. Sophia é o nome grego para uma deusa adorada pelos primeiros grupos de cristãos, conhecidos como gnósticos. Ela era considerada a mãe de todas as coisas vivas.
http://1.bp.blogspot.com/_TKQcguOkvuU/StVDXIchveI/AAAAAAAABUY/-t-K7bmBAIU/s400/Sophia01.jpg 

 Para os Gnósticos, ela é considerada uma figura maior até que a de Jesus Cristo. Mas, se no julgamento dos Templários a inquisição ficasse sabendo disso, não adiantaria de nada, pois o evangelho gnóstico foi banido pela igreja. Alguns estudiosos dizem que os Templários descobriram esses evangelhos e ressucitaram uma forma perdida de cristianismo. Agora, a coisa começa realmente esquentar quando levamos em consideração o fato de que a deusa Sophía veio ao mundo encarnada em Maria Madalena. Com a teoria do Sang Real Maria Madalena teria carregado a linhagem de Jesus Cristo em seu ventre. Ela seria a prória veia que carregava o sangue de Cristo, o próprio Graal.
Os Templários dedicavam seus escritos não a Jesus, mas, sim, a Maria Madalena. Ninguém sabe ao certo se os Templários adoravam Maria Madalena como a virgem abençoada ou como a Santa Maria Madalena. Mas, se eles adoravam Maria Madalena da mesma forma que a Jesus, era o pior tipo de heresia. Mas não se achou nada comprovando o tal fato. 
O que realmente aconteceu é que os Templários foram usados como bode expiatórios por Filipe IV para se livrar de suas dívidas, mas, acabou descobrindo muitas coisas além. No dia 8 de março de 1314, após 7 anos de tortura e prisão, Jacques Demolay é queimado vivo como um herége não arrependido e como alguém que não confessou seus pecados. Dizem que como último suspiro, Demolay pôs uma maldição no papa e no rei. Onde ele dizia que veria os dois em um tribunal perante Deus. O interessante é que dentro de 1 ano os dois morreram.
Mas, você acha que Filipe IV mesmo morrendo dentro de um ano só ía receber a morte como punição de tamanha injustiça ? Não, meus amigos, não.O tesouro dos Templários que ele vira com seus próprios olhos desapareceu misteriosamente. Ninguém sabe o que aconteceu de fato este tesouro, mas o mais provável é que eles foram levados em duas grandes carroças antes das prisões finais. Teóricamente aqui acaba a jornada dos Templários. Mas, na verdade, alguns deles sobreviveram. Os Templários tinham os melhores navios da época, alguns que sobraram pegaram seus navios e viajaram em direção ao Além-Mar. Anos depois, navios iguais aos deles voltam, mas agora, na pele dos piratas. Porém, não há certeza da conexão entre os Templários e os Piratas. Mas nem todos viraram piratas e não se sabe onde os outros foram parar, mas resta uma pista. Esta é a capela de Rosslyn, na Escócia.: http://g1.globo.com/Noticias/Mundo/foto/0,,10604614-EX,00.jpg

É provável que todas as riquezas dos Templários, juntamente com o Santo Graal foram escondidos aqui. Ela foi construída em 1446 por William Sinclair. Mesmo ela sendo construída a mais ou menos 130 anos depois da extinção dos Templários ela mostra uma forte conexão com eles. Os dois homens montando no mesmo cavalo, simbolo principal dos Templários, mas, não o mais famoso aparece com frequência aqui.http://3.bp.blogspot.com/_CvjnS8aGnD0/SqjXyGlI-WI/AAAAAAAAAaI/q4PZPi6TXz0/s400/Templ%C3%A1rios%2BI.jpg


Além do Selo Templário, que é representado pelo Cordeiro de Deus segurando uma cruz. Este não é o selo oficial, mas dá para se ter uma idéia. http://farm4.static.flickr.com/3091/2812592421_4d7b000e2e.jpg


 Na capela inteira temos marcas templárias.Geralmente, nos solos das capelas medievais temos uma Cruz, mas aqui não temos, sabe por que ? Porque ela tem exatamente o mesmo layout, ou seja, o mesmo esqueleto lá daquele templo de Salomão do início do texto. Mas, no templo de Salomão existiam câmaras subterrâneas secretas. Se a capela de Rosslyn tem o mesmo modelo ela também não teria câmaras secretas ? O Santo Graal não poderia estar escondido aí dentro ? Só que as pessoas inventam demais e tiram a credibilidade de uma história que pode ser real. Alguns historiados dizem que talvez existam pergaminhos do templo de Salomão no fundo desta igreja. Outros dizem que a Arca Sagrada das Promessas de Deus está aí dentro. Alguns loucos também dizem que a cabeça mumificada de Jesus Cristo pode estar aí dentro.
Estavam acontecendo escavações no local, mas elas foram abandonas por existir riscos de desmoronamento da capela (Hum, sei!)
Mas esse segredo e esses tesouros não podem ter sido perdidos. Alguns dizem que eles são guardados por Templários Modernos, os Maçons; Rituais de iniciação dos maçõns é muito parecido com os dos Templários. Aliás, os Templários e os Maçons estão ligados até por sangue. Lembram de Hugo de Payens ? Antes de fazer seu celibato ele havia se casado com uma moça da família Sinclair, da Escócia. 300 anos mais tarde Willian Sinclair construiu a capela de Rosslyn e no séc. XVIII a família Sinclair foi listada como líder hereditária da Maçonaria escocesa. As paredes da Capela de Rosslyn sugerem que os Templários estiveram ali mesmo depois de 150 anos após sua extinção. E as mesmas paredes dizem que os maçons estiveram ali 250 anos antes de terem sido "fundados". Sacou,? Sacou ?

Bem, acabo aqui dizendo que os segredos Templários jamais chegaram aos ouvidos da mídia, nem de nós pobres mortais. Claro, se é que eles existem. Quero deixar claro também que não coloquei nenhuma opnião pessoal aqui..

OBRIGADO PELA ATENÇÃO!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário